OAB do Ceará publica nota contra declarações de Xuxa sobre prisão de DJ Ivis - PARAMBU CONECTADO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Post Top Ad

sexta-feira, 16 de julho de 2021

OAB do Ceará publica nota contra declarações de Xuxa sobre prisão de DJ Ivis


A Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará (OAB-CE) publicou, nesta sexta-feira (16), nota contra a apresentadora Xuxa Meneghel, 58 anos. Ao comentar a prisão de DJ Ivis, ela teria, segundo a entidade, questionado a advocacia.

Em vídeo divulgado nas redes sociais da instituição, o presidente da OAB-CE, Erinaldo Dantas, destacou que a apresentadora tratou a advocacia como uma regalia. "É fundamental que a gente esclareça que, primeiro, ter advogado não é regalia; é um direito fundamental, inclusive estabelecido na Constituição Federal. É um direito de todo e qualquer cidadão ter direito a um advogado no momento de sua defesa", pontuou o advogado.


Na quinta-feira (15), dia seguinte à prisão do cantor, Xuxa publicou que havia muita gente "que não fez nada ou muito pouco e está apodrecendo na cadeia". Além disso, ela questionou os advogados atuantes na defesa do artista.

"Gostaria de saber se os advogados desse senhor covarde [DJ Ivis] têm filhas? Irmãs? Eu gostaria de saber se existe justificativa para tanta covardia?", indagou, questionando, também, o porquê de não deixarem DJ Ivis preso e sem regalias. "Advogados? E cuidados? Se ele tiver regalias nunca vão parar com agressões com mulheres".

Xuxa Meneghel

Apresentadora

Além de frisar o direito constitucional de qualquer pessoa contar com um advogado para se defender, Erinaldo Dantas ressaltou que um advogado não necessariamente concorda com o cliente que representa. "Não se pode confundir a advocacia com cumplicidade — o advogado não responde por qualquer acusação de seu cliente. O advogado está lá para defender o Estado Democrático de Direito", observou.

"Caso a senhora venha a ser processada terá uma advogada ou advogado para fazer sua defesa, e não necessariamente vai concordar com nada que a senhora disse ou fez. Mas vai exercer plenamente o seu direito de defesa", salientou o presidente da OAB-CE, acrescentando a necessidade de a advocacia ser respeitada.

Com informações do Diário do Nordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad